Renan! Lewandowski! Fora!

RicardoLewandowski_RenenCalheirosB-696x477

Sejamos realistas.

Lewandowski, Renan e outros tais não interpretaram o texto constitucional que é raso, inquestionável e absoluto. Eles agiram conscientes de que estavam contrariando o artigo 52 da Constituição, literalmente!

O ato inconstitucional não decorreu do mau entendimento de algum conteúdo subjetivo por erro conceitual , nem por alguma deficiência cognitiva do ministro e dos senadores.

O ato inconstitucional foi uma ação praticada à revelia da lei, contrária à lei, de forma intencional e espúria. Portanto, o que foi levado a cabo no plenário do senado nacional, no dia 31 de setembro de 2016, foi um crime vestido de dolo. Sendo assim inaceitável.

Cabe ao STF simplesmente impugnar o que está fora-da-lei, devolvendo a legalidade e moralidade da decisão inicial do Senado de cassar a presidente pelo que ela fez, recolocando nos limites, na trilha correta, a causa da punição, o crime, o julgamento e a sentença, com sua consequência, a punição.

Se cabe um novo impeachment, não seria o da presidente já afastada e exonerada, mas daqueles que superaram a própria criminosa já julgada e condenada, por terem deslavadamente afrontado a Constituição e a sociedade civil brasileira ao não punirem quem deveria, por força de um artigo constitucional, ter sido punida automaticamente.

Findo os tempos de Fora Lula e Fora Dilma, devemos inaugurar os tempos de Fora Renan e Fora Lewandowski.

Facebook Comments
Anúncios

Comentários...