A força da realidade

Convenhamos, as manifestações de rua têm o propósito único de expressar a opinião da sociedade sobre o que está acontecendo no país e mostrar o sentimento reinante. 
Elas não têm o poder de validar ou invalidar a realidade, que nos mostra que vivemos num país onde o governo estabelece e promove a injustiça, a violência e o descalabro. 
A realidade está aí para quem quiser ver, independentemente do número de pessoas à favor ou contra, que se reunir nas ruas. 
É auto-evidente que o governo, que sempre foi autoritário, ultrapassou a linha divisória que separa uma sociedade razoavelmente livre, de uma nação submetida à tirania. 
Infelizmente, estamos, cada dia mais, sob o tacão de déspotas, nada esclarecidos, que tentam desvirtuar a realidade, combater a razão e afrontar a ética, criando políticas para permanecerem no poder, aproveitando-se, parasitariamente, de um povo ainda omisso e subserviente. 
O que as manifestações mostram, é quem se contenta com esta situação e quem não aguenta mais.
Facebook Comments
Anúncios

Comentários...