Assassinos de oportunidades

Quanto uma máfia no poder efetivamente destrói de riqueza? Mede-se pela corrupção? Pelos desvios? Pelas obras paradas? Pelas obras mal feitas? Pelo imposto? Pelo indice de variação negativo do PIB? Na minha opinião, não.

Diferentemente de todos os itens mencionados, poderia listar muitos outros também, a grande destruição promovida pela intervenção estatal que viola direitos, é a diferença entre a situação como ela é e como ela poderia ter sido.

Aí está o catch da questão.

Quanto seria o PIB sem os entraves burocráticos e a violação de direitos? Como viveria a população sem os demolidores de oportunidades? Já se dizia que se Steve Jobs tivesse nascido no Brasil, venderia CDs piratas na garagem, em vez de ter criado a maior empresa do planeta.

Provar um negativo é impossível, portanto, provar um crime, como este, o assassinato de potencialidades, mesmo sabendo-se quem pratica, qual a motivação, quem são as vítimas, quem são os beneficiários e quais são as armas, também é.

Enquanto não pudermos apresentar o “corpo”, arrebentado, degradado, atrofiado pela violência, os bandidos se safarão e as vítimas continuarão caladas.

Facebook Comments
Anúncios

Comentários...