A Marcha de 12 de Abril

Agência RBS/Ricardo Duarte
A marcha do dia 12 de Abril, será mais uma tentativa de entregar ao Congresso Nacional, a mensagem, subscrita pela população brasileira que encontra-se insatisfeita com o grau de corrupção, autoritarismo e incapacidade gerencial do governo, pedindo o impeachment da presidente Dilma.
Do jeito que as coisas estão, não dá mais para continuar.
Na realidade, quem tem sofrido impeachment diariamente, é o cidadão de bem.
Estamos literalmente impedidos de viver nossas vidas como poderíamos e gostaríamos, com plenitude, com toda potencialidade que o ser humano pode alcançar.
Não é possível viver num país onde a bandidagem corre livre, leve e solta, seja nas ruas ou seja nos gabinetes governamentais.
Não temos segurança ao sairmos de casa pela manhã, de que voltaremos vivos à noite. Nem mesmo permanecendo em casa, nossa integridade está assegurada. 
Não temos segurança jurídica para sabermos que ninguém usará a força da lei para transformá-la em lei da força, cerceando nossa liberdade sem razão objetiva, confiscando nossa propriedade injustificadamente, mesmo tendo sido obtida por meios legítimos.
O emaranhado de leis, decretos, medidas provisórias, normas e o próprio sistema legal, controverso, surreal, subjetivo e draconiano, nos transforma em foras-da-lei apenas por existirmos, com agravante se criarmos, produzirmos, comerciarmos ou consumirmos, como entendemos ser do nosso interesse, mesmo sem violarmos o direito de ninguém.
O impeachment que a população brasileira, que pretende viver de forma racional, honesta, produtiva e independente deseja, não é um revide.
É a legítima manifestação de quem anseia alcançar a liberdade, condição indispensável para se criar valor e riqueza para si e para os outros, meios insubstituíveis para conquistar a felicidade de forma consistente,  duradoura, genuína e legítima, com base na cooperação, na justiça e no mérito.
Está mais do que na hora de impormos o impeachment aos que usam a força e a violência para alcançar seus objetivos.
No dia 12 de Abril, a mensagem será esta: que se levante o impeachment contra os cidadãos de bem e que se instaure-o contra os agentes do mal.
Facebook Comments
Anúncios

Comentários...